ALT + 1

Ir para o conteúdo

ALT + 2

Ir para o menu

ALT + 3

Ir para o rodape

Tamanho do texto:

ALT + 4

A

+

|

ALT + 5

A

-

ALT + 6

Contraste1

ALT + 7

Contraste2

Processo Seletivo | Faça sua prova on-line | Matricule-se ainda esta semana para 2020/02 e ganhe
um chip VIVO com 20GB/mês*

*CONSULTE O REGULAMENTO

Inscreva-se!

ALUMNI

Mestrado e Doutorado em Administração

Uma preocupação recente da UNINOVE, também comum em outras IES, é manter o aluno formado ligado à universidade, pois é consenso que o egresso é um dos ativos mais valiosos da instituição, já que, a partir do conhecimento adquirido durante o curso, é que se verifica a contribuição efetiva da educação para a sociedade, evidenciando o renome da universidade.

Apesar dos incomensuráveis esforços empreendidos pela universidade no acompanhamento dos seus egressos, é preciso considerar que apenas empregar um sistema estático pode não ser suficiente para alçar resultados efetivos, dado o desinteresse dos egressos por esse tipo de avaliação. Ocorre uma ausência da cultura em manter os dados disponíveis e, principalmente, a inobservância de que, a partir da análise dos efeitos práticos do curso, podem emergir ações para a melhoria do programa. Para funcionar efetivamente, um sistema pode demandar o uso de procedimentos que incentivem a sua utilização, de tal sorte que é preciso desenvolver mecanismos que motivem os egressos a participar do processo, por reconhecerem sua utilidade.

Nesse sentido, uma alternativa possível e muito usual, no âmbito internacional, é a adoção de uma organização formal, denominada Associação de Alunos e Egressos, que, a partir da promoção de ações estratégicas, pode prolongar o relacionamento dos egressos com a universidade e entre si, colaborando diretamente com a melhoria do desempenho do curso, haja vista que cada um dos alunos é entendido como parte de um círculo virtuoso. Uma organização desse teor se destaca por coadunar os interesses dos alunos e de egressos, promovendo-lhes benefícios; ademais, esse tipo de organização permeia todo o processo de acompanhamento de alunos e de egressos, independentemente das determinações da CAPES ou da gestão da IES.

Como forma de aproximar a universidade dos seus egressos, vem sendo realizada a estruturação de uma Associação de Alunos e Egressos. A Associação visa, além de acompanhar o destino profissional e acadêmico dos ex-alunos, promover uma rede de conhecimento e relacionamento permanente, independente do período de realização do curso. A proposta é que façam parte da associação alunos vigentes e já titulados, aproximando “Alunos e Egressos”.

A proposta da Associação denota a possibilidade de desenvolvimento pessoal e profissional e, dessa forma, concretiza-se uma situação de ganho múltiplo em que a IES repensa e melhora constantemente sua atuação e os alunos e egressos somam-se, em uma rede de conhecimento, todos colaborando com a evolução do curso e com o desenvolvimento da sociedade.

A estrutura da Associação possui um comitê executivo constituído por egressos e alunos em curso, que contempla as seguintes áreas: eventos, finanças, acadêmica, comunicação, entre outras. Há de se destacar que esse é um projeto inovador e árduo, pois envolve muita pesquisa e discussão; porém, a própria persecução do resultado já é um processo recompensador, pois se constitui como uma amostra dos benefícios que podem ser gerados por uma rede de relacionamento.