PROCESSO SELETIVO 2019 | Inscrições Abertas! | 1ª Mensalidade gratuita

Inscreva-se!

Notícias

Gel papacárie e tratamento com laser é aprovado em Harvard

16/10
por Uninove

Pesquisa de mestres e doutores da UNINOVE, garante remoção das cáries sem utilizar anestesia local e instrumentos cortantes

A Dra. Sandra Kalil Bussadori, professora do curso de Odontologia e dos programas de Mestrado e Doutorado em Ciências da Reabilitação e em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE, estudou os efeitos da ação bacteriostática, bactericida e anti-inflamatória da papaína, uma enzima extraída das folhas e do fruto do mamão, sua pesquisa possibilitou a criação de um gel que está revolucionando os tratamentos odontológicos.

“Sempre tive como meta tornar o tratamento odontológico mais ‘legal’ para as crianças e adultos também. A remoção química e mecânica da doença cárie – técnica na qual utilizamos um agente químico para amolecer o tecido cariado – já era usada, mas o material era importado e caro para os padrões brasileiros. Conversando com minha mãe, que era nutricionista e pesquisadora, percebi que a papaína tinha propriedades excelentes e que poderia ser uma alternativa para a remoção química da cárie. A partir disso, comecei a pesquisar a substância com a farmacêutica Márcia Miziara. Três anos depois, após pesquisas e testes realizados por mim e meu grupo de estudos, chegou-se à fórmula final do gel Papacárie, que foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), patenteado e lançado em 2003”, conta a docente da UNINOVE.

Sem dor

Aplicado diretamente no dente, o gel age durante alguns instantes até amolecer o tecido careado, que em seguida é removido apenas com uma raspagem, sem o uso do conhecido “motorzinho”. Além de extrair a cárie de forma rápida e confortável, o Papacárie tem outra grande vantagem: o baixo custo, já que a base da composição é retirada da natureza, o que o torna acessível inclusive para serviços de saúde pública. “O método de raspar somente o tecido infectado pela cárie preserva muito mais o tecido sadio subjacente, já que ele não é atingido pelo gel. Com a broca, esse controle não pode ser feito e sempre é removida dentina saudável junto com o tecido necrosado”, explica a professora Sandra.

“O gel é bem aceito pelos cirurgiões-dentistas, principalmente entre aqueles que estão inseridos na filosofia de mínima intervenção e de preservação das estruturas sadias do dente, pois é o que há de mais moderno na Odontologia, inclusive baseada em evidências científicas”, enfatiza a docente que recentemente publicou do livro ¨Remoção Química e Mecânica do Tecido Cariado.

Da Clínica-Escola para o mundo

Desde a sua criação o Gel Papacárie é utilizado pelos alunos que atendem na Clínica-escola de Odontologia da universidade, onde é usado o gel nos atendimentos voltados à comunidade. “Com o Papacárie estamos beneficiando crianças, jovens e adultos com uma técnica que não usa o motor e na maioria das vezes não necessita de anestesia, por isso os pacientes ficam bem mais felizes e tranquilos”, diz a professora da UNINOVE.

Além do Papacárie a UNINOVE desenvolve diversas outras patentes que trazem inovações no mercado, como um aparelho de baixo custo para detectar lesões de cárie e um gel de goiaba com ação antimicrobiana.

“Ter criado o Papacárie e trazer uma inovação ao mercado de baixo custo e resolutividade me faz acreditar que devemos prestar atenção em cada palavra e ensinamento que as pessoas nos trazem, pois ideias simples muitas vezes podem gerar benefícios para muitas pessoas. Também acho importante poder fazer parte de uma universidade tão inovadora quanto a UNINOVE, que apoia a pesquisa e seus pesquisadores, pois isso nos faz a cada dia produzir mais conhecimento e inovação tecnológica em prol da sociedade”, finaliza a professora e pesquisadora Sandra Kalil.

A associação do Papacárie ao uso do laser em baixa dosagem não só permite o tratamento indolor como elimina a ação bacteriana da cárie sobre a dentina, evitando novas cáries, comprovada e aprovada na Harvard School Medical.

Gel de Papaína + LASER = Sucesso em Harvard

O cirurgião-dentista Zenildo Santos Silva Jr., doutorando da UNINOVE, fez parte do seu doutorado na Harvard School Medical, Massachusetts General Hospital, em Boston, nos Estados Unidos. Membro da equipe da profa. Dra. Sandra Kalil Bussadori, o aluno passou um ano no exterior, e através da sua pesquisa, constatou juntamente com professores de Harvard, a eficácia do produto brasileiro, já índicado para aplicações clínicas, e que agora também será utilizado para o uso com o laser.

O gel da papaína (PapaMBlueTM patente registrada), será aplicado para o tratamento de lesões de cárie profunda, o que permite a remoção simultânea da dentina infectada por bactérias através da ativação da Luz (Laser), sem a necessidade do motor odontológico. A técnica permite uma maior preservação das estruturas sadias adjacentes do dente, como a dentina afetada e a polpa, com maior efetividade, sem anestesia, menor tempo de tratamento e uma maior ação antimicrobiana, evitando assim a progressão da doença no mesmo local, tudo isso sem dor, sem trauma e sem medo do dentista.

O fruto da sua pesquisa também já foi publicado pela Scientific Reports do grupo Nature: http://www.nature.com/articles/srep11448 e aceito na BioscienceReports http://www.bioscirep.org/content/ppbioscirep/early/2015/09/25/BSR20150188.full.pdf

Atualmente a Clínica-Escola de Odontologia da Universidade Nove de Julho dispõe de 200 consultórios, onde alunos e professores chegam a realizar até 900 atendimentos/dia. A Clínica atende a população de São Paulo, e a partir de encaminhamentos feitos pela Igreja da Paz também presta atendimento aos refugiados do Haiti, Senegal e Síria, crianças e adultos.

VG_PACIENTE_ODONTOLOGIA_INFANTIL_151015 (12)

VG_PACIENTE_ODONTOLOGIA_INFANTIL_151015 (50)

VG_PACIENTE_ODONTOLOGIA_INFANTIL_151015 (52)

Relacionados