ALT + 1

Ir para o conteúdo

ALT + 2

Ir para o menu

ALT + 3

Ir para o rodape

Tamanho do texto:

ALT + 4

A

+

|

ALT + 5

A

-

ALT + 6

Contraste1

ALT + 7

Contraste2

PROCESSO SELETIVO 2019 | Inscrições Abertas! | 1ª e 2ª Mensalidades gratuitas*

*CONSULTE O REGULAMENTO

Inscreva-se!

Notícias

Compliance e os demais departamentos da organização

13/08
por Uninove

Na área corporativa, Compliance é um conjunto de medidas que visa cumprir e observar rigorosamente a legislação à qual a empresa se submete. A função é monitorar e garantir que todos os colaboradores de uma empresa estejam de acordo com as práticas de conduta da mesma. Para isso funcionar bem, é preciso que o setor de Compliance forme parcerias com diversos setores da empresa, criando uma sinergia para que juntos possam atuar de maneira interdisciplinar na busca de seus objetivos. Veja como esse departamento se relaciona com os demais da organização: 

Negócios (produtos e serviços)

Todos os produtos, serviços comercializados e negócios fechados pela organização devem estar em conformidade com as regulamentações vigentes. Nesse sentido, se faz necessária a atuação do Compliance em parceria com esse departamento na criação de ofertas com objetivo de proteger a empresa de possíveis sanções que possam trazer danos financeiros ou de imagem.

Auditoria

Em organizações onde exista um departamento de auditoria interna, o Compliance deve acompanhar, verificar e monitorar o planejamento e atividades determinadas por esse setor, com objetivo de alcançar a conformidade através da observância às regulamentações, porém deve haver independência entre ambos. 

Comitês

Podem existir diversos grupos de trabalhadores (comitês) em empresas responsáveis por defender questões como integridade, ética, riscos, produtos e serviços, por exemplo. Em todos esses comitês, o Compliance deve ter liberdade para participar e se manifestar, de forma independente, para garantir que todos estejam cientes dos riscos envolvidos.

Jurídico

O departamento jurídico é aquele que norteia a maneira como o negócio deve ser conduzido, de acordo com as leis e regulamentos do ambiente onde a organização está inserida. Embora o Compliance deva atuar de forma conjunta com o este departamento em muitos momentos, é preciso haver independência. Sendo preciso se manifestar em relação a diversos temas que, mesmo tendo o amparo legal, vão contra aos valores e princípios da organização. 

Controles Internos

Controles Internos e Compliance devem atuar em parceria para mapear os processos de trabalho, verificando se as atividades estão em conformidade com leis e regulamentações na busca dos objetivos da organização.

Recursos Humanos

Deve haver muita responsabilidade e ética no departamento que administra as contratações, demissões, promoções e gerência de colaboradores e condutas internas. O Compliance precisa estar presente desde a contratação, pois admissão de profissionais íntegros é fundamental para que a empresa possa atuar de maneira integra.

 

Está se sentindo perdido em meio a tantas informações na tentativa de colocar em prática um programa efetivo de Compliance? Clique aqui e tenha acesso ao e-book 10 Passos para Implementar um Programa de Compliance. Nele você encontrará diversas informações que te ajudarão a começar hoje mesmo a desenvolver o Compliance em sua empresa, adotando práticas que auxiliem na prevenção de riscos empresariais:

  • Criando uma equipe
  • Verificando riscos
  • Instituindo princípios
  • Investir em divulgação e treinamento
  • Conflito de Interesses
  • Canal de denúncias
  • Investigação Interna
  • Estabelecendo medidas disciplinares
  • Monitorando a efetividade
  • Capacitação
Relacionados