Notícias

UNINOVE faz Campanha de Doação de Sangue

FOTO_COM_ALUNOS_E_PROFESSOR_INCENTIVO_A_DOACAO_DE_SANGUE_VG (3)
11/07
por Uninove

Quem passou pelo campus Vergueiro da UNINOVE, na última semana deste semestre, teve sua atenção voltada para o painel e toda a decoração criativa feita pelos alunos do 7º e 8º semestres do curso de Enfermagem para a campanha de conscientização e incentivo de doação de sangue.

“O objetivo do projeto é informar as pessoas sobre os pré-requisitos necessários para ser um doador de sangue e incentivá-las a doar e, quem sabe, que elas estimulem novos doadores. Afinal, sempre há alguém precisando de sangue e cuja vida pode depender de nossa doação”, esclarece Delion Kléber Soares, professor de estágio de Enfermagem.

A situação nos hemocentros fica crítica durante o inverno, quando há uma redução acentuada nos estoques e crescimento na demanda. “A queda na temperatura, a ocorrência de dias chuvosos e o período de férias são alguns dos fatores responsáveis pela queda dos suprimentos nos bancos de sangue”, explica o Prof. Paulo Marvulle, gerente das Clínicas de Saúde da UNINOVE.

Atualmente, apenas 1,8% da população brasileira doa sangue. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de que pelo menos 1% da população seja doadora de sangue, o Ministério da Saúde e diversas entidades, entre elas a UNINOVE, sempre promovem campanhas para aumentar esse índice.

“Essa experiência foi muito enriquecedora para meu aprendizado como estudante e futuro profissional da área da Saúde”, comenta Carlos Emanuel Brito, aluno do 7º semestre de Enfermagem. “Todos do grupo vão doar também e esperamos ter conscientizado a população sobre a importância da doação de forma regular, voluntária e solidária. Uma doação pode salvar vidas”, conclui.

Quem pode doar

Ser saudável.

Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos.

Pesar no mínimo 50kg.

Estar descansado (ter dormido, pelo menos, 6h nas últimas 24 horas).

Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial.

Não fumar 2h antes e depois da doação.

Não estar em jejum.

Não comer comidas gordurosas.

Não ter feito endoscopia 6 meses antes da doação.

Não ter feito piercing ou tatuagem 12 meses antes da doação.

Confira as fotos da ação:

Relacionados