Notícias

Representação do conhecimento com o grupo de teatro da UNINOVE

17/11
por Uninove

A finalidade de representar, tanto no princípio quanto agora, era e é oferecer um espelho à natureza; mostrar à virtude seus próprios traços, à infâmia sua própria imagem, e dar à própria época sua forma e aparência”. (HAMLET, Ato III, cena II)

 

Entre os dias 22 e 23 de novembro, o Grupo de Teatro da UNINOVE apresentará a peça “BURUNDANGA”, de Luís Alberto de Abreu, cuja obra faz uma crítica bem-humorada com o atual momento histórico brasileiro.

Há sete anos, o Grupo de Teatro da UNINOVE promove aos docentes de todos os cursos de graduação a experimentação das artes dramáticas. Nesta formação, os alunos realizam leituras e debates de textos clássicos e contemporâneos. Nos ensaios, desenvolvem a expressão oral e corpórea pela dramatização e encontram no palco uma formação intelectual e estética, que promove integração da ciência à cultura universal.

Sob a direção do coordenador de Artes Cênicas, Victor Nóvoa, e da atriz e preceptora, Jussara Bracco, os universitários vivenciam a expressão artística como forma de aprimorar suas ferramentas de comunicação, sociabilização, interpretação de textos e ainda dar continuidade às experiências teatrais pregressas. Realizam também inúmeros jogos cênicos e de improviso, o que os ajuda a conhecer melhor suas potencialidades expressivas e ampliar seus limites corporais e relacionais.

“Ainda em nosso curso, o aluno conhece inúmeros textos de autores clássicos e estuda seus contextos, sempre relacionando criticamente com o nosso momento histórico. Já montamos textos de William Shakespeare, Molière, Ariano Suassuna, Nelson Rodrigues, Ionesco, Dias Gomes e outros”, conta Victor.

O teatro na UNINOVE busca graduar um profissional crítico e comprometido ética e socialmente com as questões contemporâneas, que sabe compreender sua colocação no mundo e se reconhece como um sujeito histórico importante para a formação de uma humanidade mais justa.

Sinopse – Em busca de comida e conforto, João Teité e Matias Cão, armam uma grande confusão em uma pequena cidade do interior. Essa confusão sai do controle e acaba acontecendo uma revolução envolvendo todas as autoridades da cidade, que em busca de privilégios, tentam tirar proveito da situação. ​

Serviço:

BURUNDANGA, de Luís Alberto de Abreu.

Direção: Victor Nóvoa

Elenco: Grupo de teatro da UNINOVE

Dias: 22/11 às 20:30 no teatro do Campus Vergueiro e 23/11 às 20:30 no teatro do Campus Memorial

Gratuito – Censura: Livre.

Relacionados