noticias

Mestrado e Doutorado em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde

UNINOVE está entre as 50 melhores da América Latina

Julho 2016

Segundo a Times Higher Education – Latin America Rankings 2016, a UNINOVE está entre as 50 melhores universidades para estudar na América Latina. É primeira vez que o ranking foi realizado na região analisando 13 indicadores agrupados em cinco categorias: Ensino (ambiente de ensino), Pesquisa (volume, investimento e reputação), Citações (influência da pesquisa), Internacionalização e Inovação (transferência de tecnologia).

Das 23 universidades brasileiras participantes do ranking, 18 são públicas federais e estaduais, quatro são particulares confessionais e a UNINOVE é a única universidade não confessional entre as 50 melhores.

Com trajetória de mais de 60 anos de tradição e inovação, corpo docente qualificado composto por doutores, mestres e especialistas com grande experiência no mercado de trabalho, a UNINOVE é considerada, há dois anos, pelo Ranking Universitário Folha (RUF), a melhor universidade particular não confessional do estado de São Paulo. Com o Times Higher Education, o reconhecimento torna-se internacional.

UNINOVE é destaque no 10º Congresso ALAT

Junho 2016

Os alunos de Mestrado e Doutorado em Ciências da Reabilitação, Medicina e Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE foram premiados pelos melhores trabalhos no 10º Congresso ALAT – Asociación Latinoamericana de Tórax, destacando a instituição como a universidade que mais recebeu prêmios da ALAT em 2016. O evento, que acontecerá de 6 a 9 de julho, em Santiago, no Chile, é o maior da área de doenças respiratórias da América Latina.

Dos 11 trabalhos aprovados, a UNINOVE teve 8 premiados com temas como os efeitos do exercício físico e da reabilitação pulmonar na asma, a bronquiectasia, os novos biomarcadores de prognóstico em recém-nascidos com bronquiolite e também no transplante pulmonar.

Dentre os pesquisadores, alunos e docentes estão os professores Rodolfo de Paula Vieira e Ana Paula Ligeiro de Oliveira; os doutorandos em Ciências da Reabilitação Vera Lucia Silva Rigoni, Eviton Corrêa de Sousa e Adilson Santos Andrade de Sousa; a mestranda em Ciências da Reabilitação Daysi da Cruz Tobelem; os mestrandos em Medicina Erasmo Assumpção Neto e Alana dos Santos Dias; os estudantes em iniciação científica Thomas Stravinskas Durigon e Cintia Estefano Alves; as doutorandas em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Nicole Cristine Rigonato de Oliveira, Auriléia Aparecida de Brito; e a pós-doutoranda Luana Beatriz Vitoretti também do Programa de Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde.

Mestrandas UNINOVE representam o Brasil na Biofotônica em Boston

Março 2016

As mestrandas da UNINOVE, Kaline Brito de Sousa, Ana Carolina Costa da Mota, Renata Aparecida Belloto, e a doutoranda Vanessa Milanesi Holanda foram convidadas para o Congresso da Associação Americana de Laser em Medicina e Cirurgia (ASLMS), que acontecerá em Boston, de 30 de março a 3 de abril de 2016, representando o Brasil na Biofotônica.

Com o objetivo de promover e divulgar mundialmente novidades na aplicação biomédica avançada de lasers, o congresso também premiará os profissionais participantes por seus trabalhos desenvolvidos no setor.

Ana Carolina, especialista em odontopediatria e mestre em Biofotônica aplicada às Ciências da Saúde, fala sobre sua experiência no congresso em 2015 e sobre suas expectativas para 2016.

“Estou muito satisfeita com o convite para o congresso em 2016, pois participei no ano anterior e esta vivência me proporcionou experiências enriquecedoras para a finalização do meu mestrado. Este ano, falarei sobre a utilização da terapia fotodinâmica para o tratamento da halitose, com apresentação oral e pôster, e serei representada pela aluna do 5º semestre de Odontologia, Larissa Santos”, finalizou.

Já Kaline, natural do Piauí, veio de sua terra natal exclusivamente para estudar biomedicina com bolsa integral do Prouni na UNINOVE. Atualmente é mestranda em biofotônica e apresentará um trabalho sobre a efetividade do laser na atividade osteoclastogênica. Muito animada para o congresso, destaca a visita ao hospital da Universidade de Harvard.

“Estou muito feliz e creio que será importante participar deste módulo. Esta vivência acrescentará tanto à vida pessoal como profissional dos participantes. Hoje estou realizada e só tenho a agradecer à universidade pelas oportunidades para chegar até aqui”, concluiu.

A participação neste congresso internacional faz parte da matriz curricular, sendo obrigatória para os alunos matriculados no Programa de Pós-graduação em Biofotônica aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE.

1459272845-DSC_0011

UNINOVE reúne alunos, ex-alunos e professores em fórum internacional de Laserterapia e encontro do PPG de Biofotônica

Novembro 2015

Alunos, ex-alunos, professores, convidados e palestrantes renomados se reuniram na UNINOVE para o FIRST INTERNATIONAL FORUM OF LASERTHERAPY e I Encontro de Alunos e Ex-alunos do PPG Biofotônica aplicada às Ciências da Saúde, que aconteceu no dia 19 de novembro, no campus Vergueiro.

O fórum contou com palestrantes nacionais e internacionais que abordaram os temas atuais da laserterapia e foi organizado pelos PPG em Biofotônica aplicada às Ciências da Saúde e PPG em Medicina, com apoio da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia. Entre os destaques da ocasião estava a Profa. Juanita J. Anders, docente da Uniformed Services University (EUA) e reconhecida internacionalmente por sua contribuição no campo da fotobiomodulação. A especialista participou do evento representando a Sociedade Americana de Laser em Medicina e Cirurgia (ASLMS).

No mesmo dia, o PPG em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde realizou o I Encontro de Alunos e Ex-alunos com o objetivo de ressaltar a importância da UNINOVE na história de cada um e dos laços de amizade e parceria formados entre os alunos ativos e egressos do programa.

FullSizeRender Imagem1 foto 2 I Fórum de Laserterapia e Encontro de alunos e ex-alunos PPG em Biofotônica UNINOVE

Alunas da UNINOVE ficaram em 1º lugar em premiação do I Congresso Interligas de Ginecologia do Estado de São Paulo

Outubro 2015

As alunas do curso de Medicina da UNINOVE, Mayara Renata Perna Soares e Isabella Reis de Oliveira, orientadas pela professora Maria Eugênia S. O. de Santi, docente do curso de Medicina e doutoranda pelo PPGB – Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE, ficaram em 1º lugar pela apresentação do trabalho “Terapia Fotodinâmica como Alternativa para o Tratamento de Candidíase Vulvovaginal”, durante o I Congresso Interligas de Ginecologia do Estado de São Paulo, que aconteceu nos dias 24 e 25 de outubro de 2015, em São Paulo.

O trabalho apresenta uma nova abordagem para o tratamento de candidíase vulvovaginal de repetição, visando diminuir a necessidade da utilização prolongada de fungicidas orais.

“A principal limitação no sucesso do tratamento convencional com antifúngicos derivados azólicos baseia-se no fato do medicamento ser uma droga fungistática e não fungicida, resultando em frequente recidiva da sintomatologia (reincidência da enfermidade) após a suspensão do mesmo. Além disso, apesar destas drogas serem bem toleradas, podem causar efeitos adversos como: náuseas; vômitos; diarreia e dor abdominal e até efeitos mais graves com menor frequência”, explica a orientadora do projeto Profa. Maria Eugênia S. O. de Santi.

Com base na explicação, o tratamento proposto pelo estudo, que utiliza apenas um fotossensibilizador bem tolerado pelo ser humano (Azul de Metileno) e luz, produzindo efeitos antimicrobianos no modelo animal, pode ser considerado como uma abordagem terapêutica promissora para diminuir a infecção fúngica no canal vaginal sem os efeitos colaterais.

Segundo a professora, mais estudos devem ser conduzidos em pesquisas que envolvam seres humanos para que estes resultados possam ser comprovados, porém o projeto premiado já abre portas para que a sociedade tenha outras opções de tratamento.

“A premiação vem para ressaltar o empenho em pesquisa da UNINOVE e o ótimo trabalho desenvolvido pelas alunas e professores, a fim de dar alternativas a um problema que afeta 75% das mulheres em algum momento da vida”, completa Maria Eugênia.

O trabalho foi desenvolvido juntamente com os professores Renato A. Prates, docente do PPGB, e Alessandro Melo Deana, docente do PPGB, PPGIGC – Programa de Pós-graduação em Informática e Gestão do Conhecimento e Informática.

O evento foi promovido pela SPDM – Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, com apoio da FEBRASGO – Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia e SOGESP – Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo.

foto3 foto1 foto2

Gel papacárie e tratamento com laser é aprovado em Harvard

Setembro 2015

A Dra. Sandra Kalil Bussadori, professora do curso de Odontologia e dos programas de Mestrado e Doutorado em Ciências da Reabilitação e em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE, estudou os efeitos da ação bacteriostática, bactericida e anti-inflamatória da papaína, uma enzima extraída das folhas e do fruto do mamão, sua pesquisa possibilitou a criação de um gel que está revolucionando os tratamentos odontológicos.

“Sempre tive como meta tornar o tratamento odontológico mais ‘legal’ para as crianças e adultos também. A remoção química e mecânica da doença cárie – técnica na qual utilizamos um agente químico para amolecer o tecido cariado – já era usada, mas o material era importado e caro para os padrões brasileiros. Conversando com minha mãe, que era nutricionista e pesquisadora, percebi que a papaína tinha propriedades excelentes e que poderia ser uma alternativa para a remoção química da cárie. A partir disso, comecei a pesquisar a substância com a farmacêutica Márcia Miziara. Três anos depois, após pesquisas e testes realizados por mim e meu grupo de estudos, chegou-se à fórmula final do gel Papacárie, que foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), patenteado e lançado em 2003”, conta a docente da UNINOVE.

Sem dor

Aplicado diretamente no dente, o gel age durante alguns instantes até amolecer o tecido careado, que em seguida é removido apenas com uma raspagem, sem o uso do conhecido “motorzinho”. Além de extrair a cárie de forma rápida e confortável, o Papacárie tem outra grande vantagem: o baixo custo, já que a base da composição é retirada da natureza, o que o torna acessível inclusive para serviços de saúde pública. “O método de raspar somente o tecido infectado pela cárie preserva muito mais o tecido sadio subjacente, já que ele não é atingido pelo gel. Com a broca, esse controle não pode ser feito e sempre é removida dentina saudável junto com o tecido necrosado”, explica a professora Sandra.

“O gel é bem aceito pelos cirurgiões-dentistas, principalmente entre aqueles que estão inseridos na filosofia de mínima intervenção e de preservação das estruturas sadias do dente, pois é o que há de mais moderno na Odontologia, inclusive baseada em evidências científicas”, enfatiza a docente que recentemente publicou do livro ¨Remoção Química e Mecânica do Tecido Cariado.

Da Clínica-Escola para o mundo

Desde a sua criação o Gel Papacárie é utilizado pelos alunos que atendem na Clínica-escola de Odontologia da universidade, onde é usado o gel nos atendimentos voltados à comunidade. “Com o Papacárie estamos beneficiando crianças, jovens e adultos com uma técnica que não usa o motor e na maioria das vezes não necessita de anestesia, por isso os pacientes ficam bem mais felizes e tranquilos”, diz a professora da UNINOVE.

Além do Papacárie a UNINOVE desenvolve diversas outras patentes que trazem inovações no mercado, como um aparelho de baixo custo para detectar lesões de cárie e um gel de goiaba com ação antimicrobiana.

“Ter criado o Papacárie e trazer uma inovação ao mercado de baixo custo e resolutividade me faz acreditar que devemos prestar atenção em cada palavra e ensinamento que as pessoas nos trazem, pois ideias simples muitas vezes podem gerar benefícios para muitas pessoas. Também acho importante poder fazer parte de uma universidade tão inovadora quanto a UNINOVE, que apoia a pesquisa e seus pesquisadores, pois isso nos faz a cada dia produzir mais conhecimento e inovação tecnológica em prol da sociedade”, finaliza a professora e pesquisadora Sandra Kalil.

A associação do Papacárie ao uso do laser em baixa dosagem não só permite o tratamento indolor como elimina a ação bacteriana da cárie sobre a dentina, evitando novas cáries, comprovada e aprovada na Harvard School Medical.

Gel de Papaína + LASER = Sucesso em Harvard

O cirurgião-dentista Zenildo Santos Silva Jr., doutorando da UNINOVE, fez parte do seu doutorado na Harvard School Medical, Massachusetts General Hospital, em Boston, nos Estados Unidos. Membro da equipe da profa. Dra. Sandra Kalil Bussadori, o aluno passou um ano no exterior, e através da sua pesquisa, constatou juntamente com professores de Harvard, a eficácia do produto brasileiro, já índicado para aplicações clínicas, e que agora também será utilizado para o uso com o laser.

O gel da papaína (PapaMBlueTM patente registrada), será aplicado para o tratamento de lesões de cárie profunda, o que permite a remoção simultânea da dentina infectada por bactérias através da ativação da Luz (Laser), sem a necessidade do motor odontológico. A técnica permite uma maior preservação das estruturas sadias adjacentes do dente, como a dentina afetada e a polpa, com maior efetividade, sem anestesia, menor tempo de tratamento e uma maior ação antimicrobiana, evitando assim a progressão da doença no mesmo local, tudo isso sem dor, sem trauma e sem medo do dentista.

O fruto da sua pesquisa também já foi publicado pela Scientific Reports do grupo Nature: http://www.nature.com/articles/srep11448 e aceito na BioscienceReports http://www.bioscirep.org/content/ppbioscirep/early/2015/09/25/BSR20150188.full.pdf

Atualmente a Clínica-Escola de Odontologia da Universidade Nove de Julho dispõe de 200 consultórios, onde alunos e professores chegam a realizar até 900 atendimentos/dia. A Clínica atende a população de São Paulo, e a partir de encaminhamentos feitos pela Igreja da Paz também presta atendimento aos refugiados do Haiti, Senegal e Síria, crianças e adultos.

Prof. Paulo Saldiva, um dos maiores especialistas do mundo em poluição na UNINOVE

Agosto 2015

O Prof Paulo Saldiva participou do Seminário “Saúde e Sustentabilidade: desafios e alternativas no enfrentamento dos efeitos da poluição” promovido pelos Programas de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde, Gestão Ambiental e Sustentabilidade e  Informática e Gestão do Conhecimento da UNINOVE no dia 13/08/2015 Campus VG .

prof_saldivia2 prof_saldivia

UNINOVE recebe professor Michael Hamblin, de Harvard

Maio 2015

O Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde recebeu o Prof. Dr. Michael Hamblin, docente da Harvard Medical School, pesquisador do Wellman Center for Photomedicine e afiliado da Divisão de Ciências em Saúde da Harvard-MIT, no dia 28 de maio de 2015, no campus Vergueiro.

Na ocasião, o professor Hamblin proferiu palestra sobre as aplicações antimicrobianas e oncológicas da Terapia Fotodinâmica, incluindo métodos experimentais, mecanismos de ação e resultados recentes de suas pesquisas. Mostrou também os resultados de suas pesquisas sobre o uso da fototerapia no tratamento de lesões cerebrais.

O evento faz parte das atividades de internacionalização do programa de PPG em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde e foi aberto a toda comunidade acadêmica da UNINOVE.

 uninove_recebe uninove_recebe2

Doutoranda da UNINOVE recebe prêmio em congresso nos EUA

Abril 2015

A doutoranda do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde (PPGB) da UNINOVE, Vanessa Milanesi Holanda, recebeu o prêmio de melhor trabalho no Congresso da Sociedade Americana de Laser em Medicina e Cirurgia, realizado de 22 a 26 de abril, em Kissimmee, na Flórida.

Na ocasião, os alunos e os professores mostraram seus trabalhos de pesquisa em formato de pôsteres, fizeram também apresentações orais e ainda puderam discutir os resultados com pesquisadores internacionais.

O evento integra a programação do Módulo Internacional do PPGB, que inclui também cursos e visitas a laboratórios da Universidade da Flórida, na cidade de Gainesville.

Vanessa é especialista em neurocirurgia e mestra em Medicina pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE), atuando principalmente nos temas: Tratamento da Dor e Transtornos do Movimento e Laser.

doutoranda

Alunos do PPG Biofotônica participam do módulo internacional nos EUA

Abril 2015

Os alunos e professores do PPG Biofotônica aplicada às ciências da Saúde participaram do módulo internacional do programa realizado de 20 a 26 de abril de 2015 nos EUA.  As atividades envolveram cursos e vivências laboratoriais na University of Florida no campus de Gainesville e participação na Reunião Anual da ASLMS (Sociedade Americana de Laser em Medicina e Cirurgia) Kissimmee – Florida.

alunos_PPG2 alunos_PPG

Professores do PPG em Biofotônica no Conjunto Hospitalar do Mandaqui - parceria em pesquisa

Março 2015

Em março de 2015, os professores do PPG em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE visitaram o Conjunto Hospitalar do Mandaqui para apresentar o programa e firmar a parceria em pesquisa  no âmbito da  utilização da laser/LED terapia. A parceria visa aprofundar e ampliar a relação  duradoura com a instituição que já é um Hospital de Ensino conveniado à UNINOVE.

IMG_0610

UNINOVE foi vencedora do Prêmio Top User Award, na categoria de Universidade Privada, em reconhecimento à divulgação da Ciência na instituição.

Fevereiro 2015

Promovida pela CAPES e o Editor PROQUEST, premia as instituições de ensino superior brasileiras que se destacaram pelo alto uso do conteúdo da base de dados ProQuest no período de Novembro de 2013 a Outubro de 2014, através do Portal de Periódicos.

A entrega do certificado e troféu será durante o evento de capacitação de bibliotecários nos dias 24 e 25 de março de 2015 nas dependências da CAPES em Brasília.

Além disso, a UNINOVE terá direito ao acesso gratuito, até 30 de Novembro de 2015, às bases de dados/serviços ProQuest Pivot e Proquest Flow, prêmio este de valor estimado em USD 38,400.00/ano

 

Professora da University of the Health Sciences ministra palestra na UNINOVE

Novembro 2014

Juanita J. Anders debateu aplicações da tecnologia com luz para o reparo de lesões

Juanita J. Anders, professora doutora de Neurociências na School of Medicine, University of the Health Sciences, em Maryland, Estados Unidos, ministrou curso na UNINOVE sobre aplicações da tecnologia com luz para o reparo de lesões, especialmente as que envolvem o sistema nervoso.

No evento, a docente mostrou como essa tecnologia está sendo desenvolvida para reabilitação de soldados americanos que passaram por eventos traumáticos com perda substancial de tecidos nervosos periférico e central, além de abordar em detalhes temas relacionados aos mecanismos de ação da biomodulação com luz laser e dosimetria das fototerapias.

UNINOVE é certificada pela Sociedade Internacional de Óptica e Fotônica

Outubro 2014

A Sociedade Internacional de Óptica e Fotônica (SPIE) certificou o grupo de estudantes do Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde da UNINOVE como Capítulo de Estudantes, título designado a grupos estudantis de pesquisa que se dedicam a estudar as aplicações da luz na saúde.  Atualmente, o Brasil possui seis Capítulos de Estudantes, no entanto, o Capítulo da UNINOVE é o único certificado em uma instituição privada.

A SPIE tem como objetivo promover e difundir o estudo e as aplicações da fotônica. Para isso, a instituição analisa quatro vezes por ano a formação de novos Capítulos de Estudantes em universidades de todo mundo.

Segundo Kristianne Porta Santos Fernandes, diretora do Programa de Mestrado e Doutorado em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde, essa certificação representa uma grande conquista para a UNINOVE. “É a primeira vez que uma instituição privada brasileira recebe essa certificação. Isso possibilita trazer pesquisadores internacionais para ministrar palestras na UNINOVE, receber verba para os alunos representarem a instituição no exterior, além do material de ensino que a sociedade oferece”, conta.

Professores da Associação Latinoamericana de Odontologia visitam a UNINOVE

Agosto 2014

Em agosto de 2014, o Programa de Pós Graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde recebeu um grupo de Professores de diferentes países da América Latina para futuros projetos multicêntricos que serão desenvolvidos em parceria. Estiveram presentes renomados professores que irão trabalhar com laser de baixa potência em diversas áreas da saúde.

professores_associacao_odonto

 

UNINOVE promove palestra de Pesquisa e Inovação em Laserterapia

Agosto 2012

Especialista aborda a utilização da laserterapia no tratamento de patologias

Dia 30 de agosto, a Diretoria do Programa de Mestrado e Doutorado em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde promoveu aos discentes e docentes dos cursos de Pós-graduação da área de Saúde, no auditório do Núcleo Integrado de Simulação (NIS), do campus Vergueiro, a palestra “Pesquisa e Inovação em Laserterapia”, com a pesquisadora do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN) e professora da Universidade de São Paulo (USP), Dra. Martha Simões Ribeiro.

A docente apresentou a evolução da laserterapia – utilizada no tratamento de diversas patologias por meio de ondas de luz, e aplicada em diversas vertentes no âmbito da saúde, como a dermatologia, oftalmologia e odontologia –, o desenvolvimento de pesquisas no IPEN e as formas de interação da luz nas terapias fotodinâmicas (PDT), por meio da fotobiomodulação e efeito fotodinâmico antimicrobiano.

“A fotobiomodulação é uma forma de tratamento a laser de baixa potência, que se caracteriza pela ação direta de luz especial, como o LED, nas células da pele, tendo em vista estimular e acelerar a cicatrização, ou atuar como meio de remoção de cáries em tratamentos odontológicos”, explicou.

“Já o efeito fotodinâmico antimicrobiano é um método de terapia fotodinâmica que consiste na associação de uma fonte de luz de baixa intensidade associada a um fotossensibilizador. A redução ou morte microbiana ocorre quando o fotossensibilizador absorve a energia luminosa, levando-o a produzir espécies reativas de oxigênio, que causam danos ao micro-organismo, substituindo assim tratamentos com antibióticos. Este método de PDT tem como vantagem seu menor custo em relação a outras terapias, e também maior eficiência e efetividade em relação a outros tipos de tratamento, devido a sua transferência de energia e ação direta no local a ser tratado”.

Ao final da palestra, a pesquisadora propôs aos discentes parcerias para o desenvolvimento de novas pesquisas.

LA1 LA2 LA3 LA4

LA5 LA6