Central do Aluno

Home
Apresentação do Programa
Grade Curricular
Linhas de Pesquisa
Corpo Docente
Processo Seletivo
Eventos Externos
Qualificações e Defesas
Artigos e Livros
Informações Acadêmicas
Simpósio Singep
Mestrado e Doutorado UNINOVE
Publicações Científicas UNINOVE
Revista de Gestão e Projetos
Links

   

Coordenação:
Profa. Dra. Cristina Dai Prá Martens
Fone: (11) 3665-9321
E-mail: mpagp@uninove.br

Estrutura de Pesquisa do MPGP/UNINOVE
O Mestrado Profissional é uma modalidade da Pós-Graduação Stricto Sensu que procura atender demandas sociais específicas, com o objetivo de formar mestres com vocação para atuação em gestão de organizações, sem excluir a formação para docência e pesquisa. Para estruturar a pesquisa e os estudos de aplicação prática, recorda-se que um dos objetivos centrais do MPGP é transferir para a sociedade, por meio da capacitação de profissionais no campo de Gestão de Projetos, conhecimentos aplicados da administração, embasados em fundamentos científicos, metodologias, habilidades e ferramentas. Para este objetivo, é relevante destacar que existe somente uma área de concentração e duas linhas de pesquisa, em torno das quais os grupos de investigação são sustentados pelo corpo docente e discente.


  • Área de Concentração: Estratégia em Gestão de Projetos
  • Destina-se a estudar a estratégia e o gerenciamento em projetos, considerando o uso de equipes de projetos como uma instância crítica no reordenamento estratégico das organizações modernas. Os modelos, ferramentas e técnicas utilizadas na gestão de projetos, tanto no âmbito da concepção estratégica, como na gerência de implantação, têm adquirido um status de alta especialização. Processos burocráticos de planejamento e controle são frequentemente substituídos pela definição de projetos capazes de alterar substancialmente os rumos da organização, seu ambiente interno e externo.
  • Voltar ao gráfico
  • Linha 1 - Estratégia em Projetos
  • Caracteriza-se pelo entendimento do fenômeno da formulação de estratégias de gerenciamento de projetos nas organizações. Inclui pesquisas sobre competências e alinhamento estratégico dos projetos. Modelos de maturidade de gerenciamento de projetos são analisados e seus atributos avaliados de acordo com características especificas de organizações e setores. São exploradas as alternativas estratégicas de adoção do gerenciamento de projetos.
  • Voltar ao gráfico
  • Grupo de Pesquisa: Estratégia em Projetos
  • Este grupo tem como objeto de investigação o ambiente interno e externo das organizações como elementos relevantes para a concepção estratégica de projetos, a montagem de portfólio e os estudos de viabilidade envolvendo as dimensões técnica, financeira, legal, tributária, institucional e sócio-ambiental. Desta forma, a Estratégia em Projetos tem uma dimensão do pré-projeto, de sua viabilidade prévia, do seu enquadramento como atividade de alocação de recursos, submetida a restrições de diferentes ordens, mas com caráter estratégico para a organização, com a possibilidade de integrar, por meio de escritórios de projetos, a própria estrutura da organização. Estão previstas atividades de caráter acadêmico e também manuais, estudos de caso e relatos de experiências como fonte de conhecimento para a área.
  • Líder: Roque Rabechini Jr.
  • Vice-líder: Emerson Antonio Maccari
  • Ver grupo de pesquisa no CNPq
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gerenciamento de Projetos e o Processo de Inovação Tecnológica
  • Este projeto-eixo tem como objetivo principal aprofundar o entendimento sobre diferentes formas de adoção do gerenciamento de projetos em processos de inovação tecnológica. Neste sentido, as pesquisas são estruturadas para investigar a contribuição do gerenciamento de projetos ao fenômeno do crescimento das organizações. Estas investigações são feitas sob o prisma das economicidades trazidas à organização por meio do gerenciamento de projetos. Em especial, analisam-se como as diferentes categorias de projetos são utilizadas para lidar com a complexidade e com as incertezas; e como a aprendizagem organizacional, derivada destes diferentes tipos de projetos, é incorporada aos processos organizacionais. A identificação de fatores críticos de sucesso é avaliada de acordo com as necessidades organizacionais específicas, com resultados organizacionais percebidos entre curto e longo prazos. Os métodos de investigação são estudos de caso, surveys e grounded theory. Os resultados esperados são a consolidação de teorias de gerenciamento de projetos aplicadas às organizações e também a estruturação de modelos visando à prática e à ação gerenciais.
  • Docente Responsável: Milton de Freitas Chagas
  • Docente Colaborador: Leonel Cesarino Pessôa
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Condicionantes Legais em Projetos
  • Até a publicação do artigo clássico de Ronald Coase, A Natureza da firma, em 1937, todos os custos relevantes para a teoria da empresa eram os de produção. Coase acrescenta a eles, os custos de transação: os mercados têm custos para funcionar e a organização da produção, na forma de empresa, assim como a verticalização da produção, tem como objetivo reduzi-los. Eles são custos principalmente de natureza contratual, mas também tributária. Esse projeto-eixo de pesquisa tem como objetivo estudar os condicionantes legais no gerenciamento de projetos nas empresas. Os métodos utilizados serão de natureza qualitativa, como estudos de caso, múltiplos casos e quantitativa, a exemplo de análise descritiva e inferencial. São esperados, como resultados, trabalhos que apontem e discutam como as instituições, as leis e os problemas jurídicos afetam as organizações. Em especial, espera-se produzir trabalhos que tratem do impacto dos tributos sobre os projetos das empresas e da segurança jurídica como fator fundamental em projetos.
  • Docente Responsável: Leonel Cesarino Pessôa
  • Docente Colaborador: Patricia Morilha Muritiba
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Técnicas de Avaliação e Modelagem de Projetos
  • A avaliação de investimentos em ativos reais exige a obtenção de estimativas de receitas e gastos contra receitas. Essas são organizadas e resumidas no fluxo de caixa – FDC do empreendimento. Sua análise demanda a adoção de métodos de avaliação que, ao relacionarem fatores de risco e retorno, fornecem subsídios à tomada de decisão. Selecionada a alternativa mais atrativa, certos grupos de processos devem ser implementados. O foco é refinar as respectivas estimativas iniciais de investimento e de duração do projeto, sumarizando-as em baselines de custo e prazo. Com base nessas se torna possível a aplicação de técnicas destinadas à análise dos fatores de risco intrínsecos ao projeto. O objetivo do projeto eixo é a proposição de abordagens orientadas à elaboração e análise de projetos baseadas na generalização de uso da teoria da probabilidade, métodos paramétricos e não paramétricos, técnicas econométricas e processos estocásticos. Sempre que pertinente isso será feito por meio do emprego de ferramentas; preferencialmente: @Risk, Crystal Ball, SPSS e MS Excel. Os métodos de investigação adotados são estudos de casos e surveys da literatura teórica e empírica sobre análise de investimentos e modelagem de projetos. A generalização do emprego de técnicas e ferramentas constitui o resultado esperados do projeto eixo.
  • Docente Responsável: Marcello Muniz da Silva
  • Docente Colaborador: Milton de Abreu Campanario
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo : Gerenciamento da Qualidade em Projetos
  • Os processos de gerenciamento da qualidade em projetos incluem todas as atividades da organização executora que determinam as responsabilidades, os objetivos e as políticas de qualidade, de modo a assegurar que as necessidades que originaram o desenvolvimento do projeto sejam satisfeitas. Dentro desse contexto, objetiva-se investigar os aspectos relacionados ao gerenciamento da qualidade em projetos, de forma a atingir os requisitos de qualidade do produto e do projeto. Outra questão a ser estudada é como metodologia de gestão de projetos pode contribuir para a obtenção de melhores resultados na implementação de sistemas de gestão da qualidade. A abordagem utilizada no desenvolvimento dos trabalhos relacionados ao projeto terá como base a ISO (International Organization for Standardization) e será compatível com as abordagens proprietárias de gerenciamento da qualidade recomendadas por Deming, Juran, Crosby entre outros, e abordagens não-proprietárias, como Gerenciamento da qualidade total (GQT), Seis Sigma, Análise de modos de falhas, Revisões de projeto, Satisfação do cliente, Custo da qualidade (CDQ) e Melhoria contínua. Como resultado busca-se contribuir com a obtenção da qualidade no gerenciamento projetos, com foco na melhoria dos processos da organização.
  • Docente Responsável: Cláudia Terezinha Kniess
  • Docente Colaborador: Milton de Freitas Chagas
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Sustentabilidade e Inovação Tecnológica no Gerenciamento de Projetos
  • Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana. O projeto sustentável é aquele que gera retorno para a empresa e seus clientes sem causar impactos negativos (ou causando impactos positivos) aos outros stakeholders envolvidos. A sustentabilidade de um projeto está embasada em quatro aspectos: ambiental, social, cultural, econômico. A inovação está estritamente interligada à sustentabilidade, já que se destina a dar mais competitividade a uma tecnologia, ou descoberta tecnológica, de um produto ou processo, ampliando a sua parcela de mercado e, assim, agregando valor econômico e lucratividade. Dentro desse contexto, objetiva-se caracterizar os elementos relacionados à sustentabilidade em projetos e avaliar seus impactos no gerenciamento dos projetos das organizações. Busca-se também investigar a interface entre a sustentabilidade e a inovação tecnológica em projetos. Como resultado espera-se que a avaliação dos pontos de intersecção entre as práticas empresariais na gestão de projetos e questões sociais, ambientais e econômicas apontem para novos modelos de gestão baseados nas dimensões da sustentabilidade.
  • Docente Responsável: Cláudia Terezinha Kniess
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gestão Estratégica de Pessoas e Comprometimento Organizacional
  • Este projeto de pesquisas, em Gestão Estratégica de Pessoas, visa identificar as influências do ambiente organizacional externo, da competição e da dinâmica do mercado de trabalho, como principais características do modelo de gestão estratégica de pessoas. As investigações, objetos deste projeto, têm por objetivos descobrir, analisar e elucidar mudanças realizadas nas organizações, a partir da trajetória de evolução da área, diversificação no mercado de trabalho e os seus reflexos nas estratégias de atração, retenção e desenvolvimento de profissionais. Os sujeitos poderão ser diretores e gerentes de RH, gestores, em todos os níveis hierárquicos de cada organização que venha a ser estudada, que possam gerar as informações necessárias à investigação. Potencialmente, trabalhar-se-á com abordagens qualitativa e quantitativa, métodos positivista e/ou fenomenológico e técnicas que possam vir a agregar valor a cada uma das pesquisas. Sempre que possível e necessário o grupo focal será utilizado, por intermédio de um roteiro semi-estruturado, construído de acordo com cada objetivo de pesquisa, com vistas a aprofundar, interpretar e reforçar questões no decorrer do processo analítico. Fundamentações teóricas pertinentes a cada pesquisa serão desenvolvidas, privilegiando-se o equilíbrio entre periódicos e livros nacionais e internacionais. Dentro deste projeto estão previstas as seguintes pesquisas, as quais envolvem alunos de Doutorado, Mestrado e Iniciação Científica: Gestão Estratégica de Pessoas nas Empresas Petroquímicas de Camaçari – Bahia (Financiado pela FAPESP com Auxílio Regular); Gestão Estratégica de Pessoas e Comprometimento Organizacional em Instituições de Ensino Superior; Comprometimento Organizacional e Satisfação no Trabalho na Polícia Militar do Estado da Bahia; Caracterização do Contexto de Trabalho de Policiais Militares do Estado da Bahia.
  • Docente Responsável: Nildes R. Pitombo Leite
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Aspectos Econômicos e Tecnológico em Projetos
  • Projetos constituem unidades de alocação de recursos escassos que viabilizam a introdução de novos produtos ou processos nas organizações e nos mercados. Sob essa perspectiva, a elaboração, análise e gestão de projetos envolvem a obtenção e o tratamento sistemático de informações qualitativas e quantitativas, internas e externas a organização. Tais dados são cruciais ao processo de seleção de alternativas e alocação de recursos. Nesse contexto, desde sua concepção, os empreendimentos são influenciados por forças macro e microeconômicas. As primeiras estimulam ou restringem, em última instância, os volumes agregados e padrões de formação de poupança e de investimento. As segundas, associadas à interação entre oferta e demanda, são responsáveis pelo processo de formação de preços e volumes transacionados nos mercados individuais. Em ambos, a introdução de inovações tecnológicas é variável crítica. Esse projeto eixo tem como objetivo o estudo e o desenvolvimento de abordagens destinadas a generalizar o emprego da teoria econômica nos processos de decisão em projetos – o que inclui as contribuições da teoria schumpeteriana. Os métodos de investigação adotados são estudos de casos e surveys da literatura teórica e empírica. A generalização do emprego da teoria econômica nos processos de tomada de decisão em projetos constitui o resultado esperados do projeto eixo.
  • Docente Responsável: Milton de Abreu Campanario
  • Docente Colaborador: Marcello Muniz da Silva
  • Voltar ao gráfico
  • Linha 2 – Gerenciamento em Projetos
  • Caracteriza-se pela aplicação do gerenciamento de projetos nas organizações. São exploradas áreas de conhecimento pertinentes às especificidades de projetos em organizações em diferentes setores. São analisados ciclos de vida de projetos de acordo com o tipo de necessidades de negócios organizacionais. A adoção do gerenciamento de projetos e as aprendizagens organizacionais deles derivadas são também objeto de pesquisa.
  • Voltar ao gráfico
  • Grupo de Pesquisa: Gerenciamento em Projetos
  • Este grupo atua na gestão do projeto em si, uma vez já estrategicamente selecionado e aprovado. A gerência de projetos se dedica à boa alocação de recursos e a obtenção de metas traçadas para uma atividade única e temporária, com escopo, custo e prazos bem delineados. O corpo de conhecimento, metodologias e ferramentas da gestão tem um contorno relativamente bem definido, com sua modelagem sendo aperfeiçoada de forma incremental por associações profissionais e pesquisa acadêmica. Esta atividade temporária é aplicável nas mais diferentes indústrias, segmentos econômicos e atividades sociais, contemplando diferentes escalas e impactos internos e externos das organizações.
  • Líder: Milton de Freitas Chagas
  • Vice-líder: Cláudia Terezinha Kniess
  • Ver grupo de pesquisa no CNPq
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gestão da Tecnologia da Informação Orientada a Projetos
  • Este projeto de pesquisa visa explorar o universo da Tecnologia da Informação (TI) aplicada ao ambiente empresarial, governamental e do terceiro setor, identificando, assim, suas características, os processos de gestão estratégica, os impactos derivados de sua utilização, as competências organizacionais associadas, as novas tendências de mercado e o inter-relacionamento com outras áreas do conhecimento, incorporando a influência da gestão de TI na competitividade e eficiência operacional destas organizações. Para identificar e analisar a gestão estratégica de TI das organizações em suas diferentes dimensões utiliza-se com maior frequência os métodos de estudo de caso, pesquisação, grounded theory, análises léxicas e inferências estatísticas. Os resultados esperados são a consolidação das teorias e a formulação de novos modelos de gestão estratégica de TI orientada a projetos, visando a sua aplicação estratégica, gerencial e operacional.
  • Docente Responsável: César Augusto Biancolino
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gestão em Projetos Educacionais
  • A partir da LDB/1996 vem ocorrendo uma verdadeira revolução no setor educacional brasileiro. Como consequência, percebe-se uma proliferação de Instituições de Ensino Superior - IES e dos cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrados e doutorados). O objetivo deste projeto é estudar o planejamento e a prática da gestão educacional utilizando-se das ferramentas da administração em conjunto com as de gestão de projetos. Foco especial de interesse é a sistemática de avaliação das IESs, particularmente no tocante aos programas de pós-graduação. Os métodos utilizados são: estudos de caso, grounded theory, surveys e análises léxicas. Assim, este projeto é um espaço para a prática do profissional voltado às questões educacionais, cobrindo desde as fontes de financiamento, sejam privadas ou públicas, os modelos de regulação institucional e legal que servem de contorno para o gerenciamento da pós-graduação, as redes e projetos de integração entre IESs e programas, e outros tópicos pertinentes à área. Os resultados esperados: consolidar modelos de gestão de projetos acadêmicos e contribuir para o planejamento e gestão de programas de pós-graduação no que se refere à sistemática de avaliação.
  • Docente Responsável: Emerson Antonio Maccari
  • Docentes Colaboradores: Cláudia Terezinha Kniess e Leonel Cézar Rodrigues
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gestão de Projetos e seus Impactos nos Resultados Organizacionais
  • Este projeto visa entender a contextualização da gestão de projetos enquanto área com diferentes campos de conhecimento e seus impactos nos resultados organizacionais. O projeto em questão aprofunda as abordagens das técnicas e ferramentas de gestão de projetos e vislumbra a exploração de conceitos ligados à inovação, desenvolvimento de novos produtos e alinhamento estratégico. Utilizará análise quantitativa (surveys) e análise qualitativa (estudo de caso) para o aprofundamento das abordagens de gestão de projetos com vistas ao entendimento das relações entre campos de conhecimento. Espera-se como resultado contribuições com a consolidação das teorias e o desenvolvimento de novos modelos passíveis de aplicação na prática gerencial.
  • Docente Responsável: Roque Rabechini Jr.
  • Docente Colaborador: Marcelo Pereira Binder
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gestão Estratégica de Pessoas
  • Este projeto analisa a gestão de pessoas, ou recursos humanos, nas organizações e em projetos, em seus aspectos estratégicos. Este projeto compreende teorias como as de: seleção de pessoal, treinamento e desenvolvimento, políticas de compensação, aspectos do comportamento organizacional, desde que sempre ligados às decisões estratégicas, que podem impactar na capacidade da organização em implementar suas estratégias. Têm-se como objetivos aplicar estas teorias a problemas estratégicos contemporâneos, tais como a internacionalização de empresas, gestão de projetos, sustentabilidade e governança. Utiliza-se para isso diversos métodos de estudo, abrangendo levantamentos quantitativos, estudos de caso, grounded theory, análise bibliométrica e ensaios teóricos. Os resultados esperados são a geração de teoria que possa contribuir para a gestão de pessoas por parte da alta administração das empresas, gerentes de projetos e gestores organizacionais.
  • Docente Responsável: Patricia Morilha Muritiba
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Empreendedorismo e Orientação Empreendedora em Organizações
  • O empreendedorismo é um campo relativamente novo, no entanto a pesquisa nessa área tem crescido muito nas últimas décadas. O estudo desse tema tem contemplado diferentes abordagens e enfoques, dando embasamento para a realização de pesquisas sobre indivíduos, grupos, organizações, comunidades, e outros. Neste projeto objetiva-se estudar atividades empreendedoras visando identificar e compreender conceitos e práticas, em diferentes manifestações – convencional, social, intraempreendedorismo e orientação empreendedora. Serão utilizados diferentes métodos e técnicas de pesquisa, podendo contemplar estudos de caso, entrevistas em profundidade, levantamento tipo survey, com abordagem quantitativa e/ou qualitativa, dependendo dos contextos e enfoques a serem estudados. Espera-se desenvolver trabalhos que resultem na elaboração de casos, disseminação de experiências e na identificação de atributos que propiciem o aprimoramento da condição de empreendedorismo nas organizações, contribuindo com as discussões sobre o empreendedorismo e os aspectos a ele relacionados, em suas diferentes manifestações, nos âmbitos acadêmico e organizacional.
  • Docente Responsável: Cristina Dai Prá Martens
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Adoção de TI, Virtualização e Mobilidade do Trabalho
  • O avanço das tecnologias de informação tem alterado a forma de operar e gerir as organizações, influenciando processos, tomada de decisão, modelos de negócios e a forma de desenvolver as atividades. As tecnologias de informação móveis e a virtualização tem se destacado nesse contexto, contribuindo para a quebra de barreiras de tempo e lugar. Isso propicia a mobilidade das equipes e dos negócios, bem como o acesso remoto e irrestrito a informações atualizadas e precisas. Neste projeto objetiva-se estudar a adoção e uso de TI, de modo especial de tecnologias móveis e de virtualização, suas inovações e os impactos decorrentes nas organizações. Serão utilizados diferentes métodos e técnicas de pesquisa, podendo contemplar levantamento tipo survey, estudos de caso, entrevistas em profundidade, pesquisa-ação, com abordagem quantitativa e/ou qualitativa, dependendo dos contextos e enfoques a serem estudados. Como resultado espera-se contribuir para as discussões sobre adoção e uso de TI, bem como para o desenvolvimento de estudos sobre modelos de virtualização e de mobilidade do trabalho e das organizações pelo uso de TI.
  • Docente Responsável: Cristina Dai Prá Martens
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Desenvolvimento de Recursos e Capacidades Organizacionais
  • A Teoria dos Recursos aponta que a fonte de vantagem competitiva da empresa baseia-se nos seus recursos e competências internas e, apenas secundariamente, na estrutura da indústria. Esta teoria tornou-se um paradigma da análise estratégica na década de noventa. Os trabalhos seminais deste campo propuseram teoricamente como os recursos são desenvolvidos e acumulados, mas não foram seguidos de estudos empíricos sobre o tema. O objetivo deste projeto é resgatar a discussão sobre o processo de desenvolvimento dos recursos e competências organizacionais. Para isto serão realizadas pesquisa empírica com metodologia longitudinal em diversos setores. Os métodos utilizados serão métodos qualitativos e quantitativos, surveys, análise conteúdo, discurso e estudo de múltiplos casos. Espera-se com o desenvolvimento desse projeto entender empiricamente a formação dos recursos e competências das empresas.
  • Docente Responsável: Marcelo Pereira Binder
  • Docentes Colaboradores: Roque Rabechini Jr. e Nildes R. Pitombo Leite
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Alinhamento Estratégico em Inovação e Projetos
  • Este projeto visa à identificação de modelos, práticas e tendências gerenciais no que tange ao alinhamento estratégico dos projetos e esforços de Inovação em organizações nacionais, vis a vis às organizações internacionais, especificamente em termos da aderência das estratégias tecnológicas às estratégias corporativas, estabelecendo assim evidências de aplicações contingenciais ao porte, setor e grau de internacionalização. Considera-se ainda o conceito de desenvolvimento sustentável, ao se procurar desenvolver indicadores de grau de orientação à sustentabilidade da empresa, em termos dos indicadores de sustentabilidade advindos do portfólio de projetos da mesma. Utilizam-se diferentes métodos e técnicas de coleta e análise de dados de campo, como estudos de casos, iterative grounded theory e levantamentos de campo do tipo survey, em diferentes setores organizacionais. Como resultados esperados, temos o desenvolvimento do panorama da realidade nacional, sugestões de cursos de ação para aumento da competitividade, análise compreensiva de modelos teóricos, desenvolvimento de modelos setoriais e a proposição de metodologias e ações ajustadas aos setores de atuação das empresas nacionais.
  • Docente Responsável: Marcos Garcez Paixão
  • Voltar ao gráfico
  • Projeto Eixo: Gestão Estratégica de TI
  • Desde que a TI foi incorporada às empresas como ferramenta administrativa de produtividade, seu papel vem crescendo de importância e a TI, gradativamente, assume funções críticas para o sucesso dos negócios. A escolha da infra-estrutura de TI mais adequada e os sistemas (software) que possam melhor responder às necessidades dos objetivos estratégicos das empresas, no entanto, parecem estar impedindo que a TI avance de simples fornecedora de serviços para funções mais críticas, como ferramenta de inovação e mesmo como instrumento de quebra das regras de negócio dos setores econômicos. A maioria das empresas usam a TI no primeiro estágio (fornecedora de serviços). Muitas empresas, no entanto, avançaram seus modelos de negócio, usam a TI como ferramenta competitiva e são vistas como empresas inovadoras. O presente projeto-eixo envolve outros sub-projetos cumulativamente contributivos para a geração de conhecimento na área e será desenvolvido por meio de métodos qualitativos, especialmente, estudos de caso e quantitativos, de natureza estatístico-descritiva, segundo os objetos de pesquisa definidos em cada subprojeto. Espera-se poder levantar, como principais resultados, um mapa das estratégias de TI, seu alinhamento com as estratégias de negócio, suas implicações para os modelos de negócio, os lapsos gerenciais na gestão da TI e os formatos estruturais contributivos para os problemas e para as soluções administrativas da TI nas empresas, de modo a poder contribuir para o melhoramento das práticas administrativas e dos serviços da TI.
  • Docente Responsável: Leonel Cézar Rodrigues
  • Docente Colaborador: Emerson Antonio Maccari
  • Voltar ao gráfico


Selecione abaixo uma de nossas unidades e clique ao lado para ter mais informações:




Memorial
Av. Dr. Adolpho Pinto, 109
Barra Funda - São Paulo-SP

Mapa da região
Atendimento a Candidatos
  Download Widget RSS do Evento Termos de Uso
e Política de Privacidade